Identidade

Eu sou calmo e convivo com as minhas dualidades. Não sou de estardalhaços. Hoje em dia eu domo o meu caos sem muito esforço pois sei de mim, dos limites, das qualidades, dos defeitos, dos conflitos. Sei também da minha paz, tenho-a aqui comigo e por apego, ciúmes e amor não a deixo ir embora. Falo pouco de mim, por falta de oportunidade ou por falta de costume. Falo muito sobre o tudo, tenho risos em mim, seja por deboche, alegria ou sarcasmo. Faço graça, bebo e canto samba antigo, canto brega trash, canto Elis. Mudo e isso não me dói. Aprimoro, moldo, reparo, refaço, penso. Evoluo. Existe um infinito em mim. Tenho sedes, vontades que me ardem, que me movem. Quero um tanto de coisas, e não há nada demais nos meus quereres, é tudo bem simples, porque eu acho mais bonita a felicidade quando é assim. Quero calor, sutilezas, ardor, indecência, excitação. Quero o que é vívido, o que me acelera o coração.

Contato: legioomniavincit@hotmail.com | LastFM | Tumblr
Anúncios

11 comentários sobre “Identidade

  1. Olá, obrigado pela visita e desculpe-me a demora em a retribuir!!
    Ando meio ocupado nesse fim de férias e, mais ou menos como você, me recusei a utilizá-las para fazer coisas, o que me gerou uma imensa lista de atividades pós-férias!!
    Lindo o seu blog eu não sou nenhum craque em layouts, mas acho muito bonito o seu, bem clean!
    Gostei também dos seus textos e vou procurar mais agora, porque só li dois.
    Em tempo: moras em Volta Redonda e acho meu blogue pelo Rodrigo, lá de São Paulo…. esse mundo, hein, estamos bem mais perto entre nós, mas, enfim

    Inté

  2. agora é minha vez de falar…
    talvez eu entenda o porque de em tantos dos meus escritos vc dizer que se vê neles

    pq eu nessa tua descrição não pude deixar de me ver.

    então somos dois tortinhos na contradição rs
    se é que me permite assim dizer?!
    =]

    beijos

  3. S.M. disse:

    O teu blog versa a ternura e visceralidade exata das palavras. As escolhas de vocábulos nos levam a reinar um universo apenas dentro da imaginação, por vezes transporta para resquícios de realidade e nos faz andar por calçadas da realidade. Sua poética é nítida e flui como chuva de inspirações e talento. Deixo aqui meus parabéns paulistanos pra ti.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s