Em ré maior

Eu não queria te ver assim, não queria que tivesse sido assim. Somos tão incapazes se comparados ao Tempo e sua natureza caminhante, nunca retrocedente. Se pudesse, não faria. Nunca quis ser melhor que você e nunca deveria ter deixado você se ferir tão gravemente com seus erros. Ainda que seus e somente seus, me pesou a responsabilidade por não frear o que eu enxergava tão de perto. Deveria ter assumido o controle das suas mãos e pés inábeis para aquele caminho. Errei. E ficamos assim agora, você toda arranhada pelos seus erros e pesada com suas fraquezas agora reveladas e eu nessa angústia dilacerante me perguntando como é que a gente faz o tempo voltar para trás.

E não volta.

Anúncios
Padrão

5 comentários sobre “Em ré maior

  1. É, o erro não foi nosso, mas parece que a gente errou pela outra pessoa. Pelo que a gente deixou de fazer, dizer ou mostrar. Aí, quando a gente vê o resultado, quer mudar o que não pode ser mudado. Felizmente, a gente pode concertar, porque tudo tem dois lados, ou mais. :))

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s