Perfectivo


Em dias de inferno astral parece que meus defeitos estão todos revoltos, querendo se expor por algum orgulho bizarro que eu desconheço a existência. Emergem meus medos, insegurança, egoísmo, mesquinharia, maldades, preconceitos, apatia, escárnio, rabugice e tudo mais que guardo no fundo falso das últimas gavetas. Meus bolores querem tomar banho sol, espetaculosos defeitos satisfeitos em sua natureza. São dias cautelosos, mas sem paranóia, Deus e o diabo andam de mãos dadas pelo Universo porque é assim que se sustentam.

Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “Perfectivo

  1. Dias de inferno astral são como dias de poesia, a gente quer fugir ou ficar, mas tentando controlar a parte ‘feia’ do ser.

    Somos escrotos, vingativos e ciumentos. Só que fica mais difícil de esconder nesses dias de cachorro-maluco, nesse tempo de reflexão e mudanças.

    Faz nada não, que o amor ama os defeitos. Amor-próprio serve pra isso também.

  2. Esses dias funcionam como teste pra mim. Ou pra os que convivem comigo, melhor dizendo.
    Se sobreviver até o final e ainda desejar boa noite, esse sim vale a toda pena como amigo. (família não conta nessas horas, a relação é obrigatória, até se acostuma)

    Não sei se funcionam como dias de poesia como a Luiza citou, na verdade, nunca percebo quando sou poética ou não. Deixa ser espontâneo e pronto. Tudo espontâneo é melhor.

  3. Marcelo Rezende disse:

    Eu não acredito em inferno astral, porque se isso existir o meu não acaba e nem começa, coisa pra refletir. Mas gosto muito do que nasce desses tempos. São poesias e textos muito realistas, é carne e sangue. Acho necessário.

    01 beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s