Tua música, minha dança

Conto os dias para poder declarar minha saudade sem que te assustes, medindo os passos para te abraçar apertado sem causar nenhuma fuga. Não te prendo, nem pretendo, desarma-te. Em nossos caminhos não há hesitações, mas parece que fomos construídos por medos. Essa rigidez é só cansaço, eu sei, o meu, o teu, e não há como transpô-la em superfície. Vislumbro outro viés… Meu desejo é invasivo, me interessa o rebuliço, teus avessos, além dos gemidos, os teus segredos.

Pelo vício da carne, intento o inalcançável da língua.

Anúncios
Padrão

6 comentários sobre “Tua música, minha dança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s