Recreação

Se eram dois os sorrisos reluzindo em minha íris, por que deveria escolher apenas um? Que me dêem seus risos, seus cheiros, suas carnes e seus gostos: entrega que eu misturo, crio terceira mulher em alquimia lasciva e condenável. Condenada não por mim, pelos outros, que entre nós sequer existem, já que somos tantos na improbabilidade dessa noite. A gente alterna, a gente mistura, a gente faz junto e separado, um por vez, depois acelera num embolo que se perde o remetente e é indiferente o destinatário. A gente ri enquanto o sol da manhã denuncia a perversão insone.

Pelo caminho, um ar agridoce de violação e a certeza de que faria tudo de novo.

Anúncios
Padrão

7 comentários sobre “Recreação

  1. A doce sensação da dúvida. Bom seria se pudéssemos misturar em uma só pessoa tudo aquilo que gostamos em duas, três ou trinta. Mas, pensando bem, perderíamos o sabor de descobrir pedacinhos saborosos conforme os dias passam. Um beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s