Só a Loucura

Mesmo com alguns poréns, contudos e todavias, faria e farei tudo de novo. Entrei pro jogo e vou apostar minhas fichas. Não importa se os outros vão falar em traição etc, nunca foi, até há pouco era apenas improvável ou inimaginável. Vou forjar o acaso, vou transpor essas estradas se preciso for. Não que te precise ou que tenha construído mil castelos para te abrigar, mas li poemas para te compreender. Vou cruzar o teu caminho porque quando te alcancei pude entender que, intimamente, esse desejo sempre esteve comigo. Ainda que sem estratégias e pretensões, todos os meus sentidos já trabalharam para imaginar o teu gosto, por isso o  meu corpo respondeu em frenesi singular ao reagir com teu cheiro, tua saliva e teu suor. Mal percebia gestos e atitudes porque eram instintos, reações, deleite e loucura.

Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “Só a Loucura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s