Status Quo

Desculpa-me se é na aspereza que eu encontro maneira de esconder o quanto sou vulnerável a você e suas manias. Não sei como lidar com essa vontade que me invade e me faz irracionalizar minhas ações e minhas palavras numa tentativa urgente de satisfazer essa sede que me seca a garganta e tremula as mãos. Mantenho-te a uma distância segura, mesmo que me incomode, mesmo que te aflija, mesmo que eu queira intensa e verdadeiramente o oposto. É pela razão, pelo status quo, porque se não há reciprocidade no modo de querer, não há de quê.

Ainda assim, vezenquando não te resisto, me permito a mais uma ilusão.

Anúncios
Padrão

6 comentários sobre “Status Quo

  1. =) disse:

    Darlan, dessa vez eu não pude hesitar, precisava comentar nessa postagem. Antes de qualquer coisa, eu sou “desconhecida” por aqui, mas apesar do “anonimato”, venho aqui com frequência. (Esse comentário além de abranger todas as suas postagens, faz alusão especialmente a: “Nuances avulsas“). Costumo esperar ansiosa cada nova postagem, já pensei em comentar, porém nunca fiz. Mas, dessa vez foi diferente, pois você ter descrito “a situação atual” de forma tão clara como fez, me estimulou a falar. Fico deslumbrada a cada terça-feira; É como se a cada semana você desse continuação a um ciclo paradoxal do qual eu sempre faço parte, e que você consegue descrever de uma forma deliciosa de ler. Parabéns, Cara! Ah, acho fantástico o contraste que você faz entre o texto e a sobreposição das imagens. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s