Ponto Fraco

Vens-me tão doce. Confesso que também me provoca e instiga, mas sempre me vem como uma brisa leve. Deixa-me sereno. Com você fico em paz, fico bobo, sou piá explodindo em felicidades. Criatura cheia de encantos que me comove mais do que deveria, mais do que eu poderia me permitir. Eu vou sem medo, excitado com essa sua juventude pujante, suas sedes de vida. Tu és meu ponto fraco. Eu não detenho meus impulsos. Eu me rendo ao seu sorriso porque não sei outra forma de ser. Não, não quero te ganhar, “eu quero é te roubar pra mim”.

Anúncios
Padrão

4 comentários sobre “Ponto Fraco

  1. hailton junior disse:

    hmmm, que delicia de texto… Escreves bem demais, leio o(s) textos e fico sempre criando as cenas, sentindo as sensações, enfim… adorei! (PS: demorei um pouco pra ler né?! rsrsrs… acabei esquecendo e lembrei hoje. ^^) Muito bom, rapaz… nem sei mais que falar… :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s