“O seu amor é uma mentira que a minha vaidade quer”

wildflowers

Sei de cada detalhe em você, conheço cada centímetro de sua pele e é seu timbre que me soa familiar, como se o ouvisse desde quando eu nasci, me acalentando, me embalando por entre folhas do calendário que se passam ligeiras, mas intensas. Sei também a textura do seu cabelo, o seu cheiro doce e seu ritmo ao falar coisas do cotidiano tão banais. Sei dos arrepios quando fala meu nome, sei do calor que tem suas mãos e do bucolismo que reside em seu sorriso. Sei, ainda, que é um encanto efêmero para mim, e irá tão rápido quanto me veio, mas me trouxe novos ventos e junto deles todo o lirismo, as rimas, os olhos incandescentes e os desvarios irracionais. Sei que poderia dizer que te amo e te quero com naturalidade, mesmo sabendo que é um sentimento delicadamente perecível.

Anúncios
Padrão

13 comentários sobre ““O seu amor é uma mentira que a minha vaidade quer”

  1. Lindo, como sempre! Queria ter o talento que você tem com as palavras… ainda me pergunto o que você faz na Geografia… eoihueoihe
    O texto me encantou e me tocou.
    Passa lá no DD, postei esses dias.
    Abraaaço, moço do Black! 😉

  2. E finalmente o retorno das belas palavras que os meus olhos amam ler…
    Lindo Darlan…e é isso mesmo…o amor até é perecível, mas enquanto dura é o melhor e mais doce sentimento que se pode saborear…mas infelizmente apesar de “conhecermos” tão bem uma pessoa, nunca a conhecemos realmente…

    PS: Peço a gentliza de me enviar seu endereço completo por e-mail, pois a sua digníssima amiga não sabe onde enfiou o papel com o mesmo…pensa nunma bagunça…pesnsou???? Meu quarto tá pior…rs

    Bjinhos

  3. E finalmente o retorno das belas palavras que os meus olhos amam ler…
    Lindo Darlan…e é isso mesmo…o amor até é perecível, mas enquanto dura é o melhor e mais doce sentimento que se pode saborear…mas infelizmente apesar de “conhecermos” tão bem uma pessoa, nunca a conhecemos realmente…

    PS: Peço a gentliza de me enviar seu endereço completo por e-mail, pois a sua digníssima amiga não sabe onde enfiou o papel com o mesmo…pensa nunma bagunça…pesnsou???? Meu quarto tá pior…rs

    Bjinhos

  4. Apesar de ser perecível, algumas vezes rapidamente perecível, nós sempre escolhemos viver esse amor, pagar o seu preço caro, mesmo que no final descobrimos que o dinheiro não foi recompensado, ainda assim sempre arriscamos. Sempre quando um perece procuramos outro para “comprar”, achando que encontramos o melhor, durável!

    Triste ilusão, no fim concluímos que nos enganamos e vamos às compras novamente.

    Belo texto.

    bjos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s