Lassitude

Às vezes parece que o mundo está todo confuso, desconexo e conspiratório. Os dias passam tão estranhamente e vão se sobrepondo uns aos outros, acumulando nas folhas do calendário e nas mentes, pesando nas costas. O dia é abafado, as horas passam despercebidamente lentas, se arrastando. E o que fica é uma estranheza, um não saber das coisas, um estrangeirismo agudo que cada vez incomoda mais. E a vontade que nasce é de sair por aí, ver outros horizontes, buscar por novos rostos, outros risos, outros ambientes, novos ares! Mas falta ânimo. Deixar um tempo passar. Livros, músicas, poesias e algumas cervejas servem de distrações enquanto os novos ventos não chegam trazendo mais cor, mais inspiração, mais rimas e maior leveza pros lados de cá.

Sobra Tanta Falta
(Trevisan)

Falta tanta coisa na minha janela
Como uma praia
Falta tanta coisa na memória
Como o rosto dela
Falta tanto tempo no relógio
Quanto uma semana
Sobra tanta falta de paciência
Que me desespero

Sobram tantas meias-verdades
Que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos
Que nem me protejo mais
Sobra tanto espaço
Dentro do abraço
Falta tanta coisa pra dizer
Que nunca consigo

Sei lá,
Se o que me deu foi dado
Sei lá,
Se o que me deu já é meu
Sei lá,
Se o que me deu foi dado ou se é seu

Sei lá… sei lá… sei lá….

Vai saber,
Se o que me deu, quem sabe?
Vai saber,
Quem souber me salve
Vai saber,
O que me deu, quem sabe?
Vai saber,
Quem souber me salve..

Anúncios
Padrão

8 comentários sobre “Lassitude

  1. Darlan, é isso mesmo que acontece com a gente: com a correria do dia a dia, somos escravos do relógio, engolimos a comida, dormimos menos e esquecemos das coisas simples que nos fazem felizes.
    Se dá vontade de chutar o pau da barraca e sair por aí?
    Claro que dá, mas…. querer, nem sempre, é poder.
    Bjão, quilido.

  2. “E a vontade que nasce é de sair por aí, ver outros horizontes, buscar por novos rostos, outros risos, outros ambientes, novos ares! Mas falta ânimo.”

    Anime-se…ponha a mochila nas costas e venha conhecer Sampa….serei sua guia na cidade de pedra…

    E até mesmo um parque bem bonito com um belo horizonte consigo pra vc…

    Mudanças de ares são necessários…não podemos ficar a mercê dos novos ventos…

    Se precisar me grita, ok?!

    Bjos

  3. Eu não gosto de ler coisas assim. É tão ruim saber que a vida tem passado, assim meio que aos trancos, pras pessoas que eu gosto.

    Mas isso é normal. Uma hora tudo se ajeita.

    Vez por outra eu me sinto muito culpada por sumir.
    Saudades.

    ;*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s