Encontros

caminhos.jpg

Por muito tempo eu desejei me interessar por alguém. Era angustiante não ter ninguém para direcionar toda minha necessidade de amar, os meus desejos, o meu afeto. Olhava todos com olhos de descrença. Ninguém me “enchia” os olhos. E todas as noites, antes de dormir, eu repetia como um mantra: eu preciso de alguém! Alguém que tenha a íris reluzente, que me desperte interesse, que me faça ter vontade de lutar por ela. Alguém com defeitos suportáveis, que me encante pela simplicidade e delicadeza. Que me tire o fôlego! Ah, eu quis tanto encontrar alguém… mas hoje não quero mais. Estou precisando é que alguém me encontre. E agora.

(Porque tem dias em que tudo parece maior.)

Anúncios
Padrão

8 comentários sobre “Encontros

  1. Victor disse:

    Olha… Você tem um dom, meu caro. E você sabe muito bem como usá-lo. Mas é como o Anderson disse acima, abaixo, ou sei lá onde ele vai estar em relação ao meu comentário… “O sol nasce para todos.” Uma hora eu garanto que ele vai nascer para você!
    Grande abraço!
    Se cuida!

  2. O que me chamou atenção não foi o texto em si, mas o entre parenteses…
    É engraçado quando dizem que somos um grão de areia, e mais engraçado ainda quando dizem que somos maiores que tudo isso. Suas fotos sempre ilustram muito bem o que vc escreve.
    O realmente ter alguém do lado diminui o deserto que é a vida!
    Grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s