É!

B O L A S D E S A B Ã O

“Era preciso paciência até descobrir o sopro exato para que subissem gloriosas, refletindo a folhagem, o céu…”

Caio F.

bola_de_sabao.jpg

É tão difícil escrever algo quando todas as palavras possíveis podem se resumir em “eu te amo”. Nem ler eu to lendo mais, tô sem cabeça. Hoje eu vou ficar aqui o dia todo ouvindo Marina:

Eu Te Amo Você

Acho que não sei não
Eu não queria dizer
Tô perdendo a razão
Quando a gente se vê

É tudo tão difícil
Que eu não vejo a hora
Disso terminar
E virar só uma canção
Na minha guitarra

Eu te amo você
Já não dá pra esconder
Essa paixão

Eu queria te ver
Sentindo esse lance
Tirando os pés do chão
Típico romance

Mas tudo é tão difícil
Que era mais fácil
Tentarmos esquecer
E virar só uma ilusão
Nessa madrugada

Eu te amo você
Já não dá pra esconder
Essa paixão

Mas não quero te ver
Me roubando o prazer da
Solidão
Eu te amo você
Não precisa dizer
O mesmo não
Mas não quero me ver
Te roubando o prazer da
Solidão

Anúncios
Padrão

7 comentários sobre “É!

  1. cabeça?
    eu tô sem essa aí também…
    e sem coração,
    e sem nada…

    mas como diz o Nando Reis,
    “Quando não se tem mais nada,
    Pode ser o que se for,
    Livre do temor…”

    😉

    e Caio dispensa comentários…
    att o blog, dá uma olhada… 🙂

    abraço!

  2. “É tão difícil escrever algo quando todas as palavras possíveis podem se resumir em “eu te amo”.”

    Poetas fazem rodeios e escrevem milhares de palavras simplesmente para dizer “eu te amo”, mas tem que ser assim, não é? É mais bonito.

    Obrigada por tudo, queridão, obrigada pela força no novo espaço!

    Um beijo, e se cuida, te amo!

  3. eita, e não é que isso me lembrou: pirou minha cabeça e o coração, feito bola de sabaão me desmancho por vocêêêêê… rsrsrs brincadeirinha! acho que Caio se ofenderia com minha brincadeira. engraçado que um eu te amo tem meras três palavras e carrega consigo o mais nobre sentimento do mundo. lindo isso!

  4. Victor disse:

    Realmente. O amor é um dos temas mais dificeis de se escrever. O que dizer além de eu te amo? É complicado. E é isso que diferencia os bons escritores dos que ficam na multidão. A capacidade de escrever sobre o amor sem cair na mesmice de sempre.
    Faça da música a sua palavra. Transforme a música em sua poesia. E essa música, essa letra, pelo menos já que admito nunca ter ouvido a música, me lembra o último escrito que você fez…
    Um amor que não te tire da sua solidão produtiva. Alguém que te acompanhe, mas que não te sufoque. Que possa andar juntos, mas não de braços dados. Espero que encontre e que, tanto durante a sua busca quanto quando encontrar, você continue a escrever, pois seus textos são sempre muito bons.
    Abraços =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s